Blog

As 5 Novidades mais relevantes da Apple no WWDC 2020

Esta edição do Apple Worldwide Developers Conference (WWDC), apesar do seu formato virtual neste ano, trouxe uma gama de novidades que estão a dar que falar. “É aqui que mostramos algumas das maiores inovações. Não paramos de inovar. Queremos um amanhã com mais esperança”, disse Tim Cook no começo do evento. A wisdom IT CONSULTING revela-lhe 5 das novidades mais relevantes do evento.

As 5 Novidades mais relevantes da Apple no WWDC 2020

#1: Apple Silicon

O rumor por que muitos esperavam foi confirmado por Tim Cook: falamos do Apple Silicon, o hardware da própria Apple que irá equipar os futuros Macs. Tal implica que os chips base dos computadores da marca vão deixar de ser da Intel, o que irá implicar um grande esforço da parte da Apple para garantir que todos os programas existentes consigam funcionar nos seus futuros computadores com estes novos processadores.

Esta transição está prevista para durar dois anos de modo a garantir que esta mudança tenha sucesso e permita aos futuros computadores da Apple um funcionamento eficaz e com gasto de pouca energia.

#2: iOS 14

O iOS 14 promete ser de uma utilização fácil. Entre as novidades que Craig Federighi revelou em palco estão os widgets (aplicações no ecrã principal que mostram o principal da informação) e a App Library. Esta será uma nova forma de agrupar as apps nos iPhone para garantir um acesso mais facilitado.

#3: WatchOS 7

Foram ainda apresentadas as novas funções do sistema operativo da Apple Watch. Agora poderá adicionar novos widgets e outros instrumentos personalizados ao gosto de cada utilizador. As Watch Faces estarão lá para oferecer ao user aquilo que ele deseje ter no seu relógio.

A App de Fitness sofreu ainda updates, tais como a adição de um monitorizador de sono e uma melhoria do sistema de mapas. O relógio irá ainda passar a detetar as alturas em que o indivíduo está a lavar as mãos e irá indicar se aa lavagem está a ser correta ou não.

#4: macOS Big Sur

Também o sistema operativo dos computadores Mac vai reaparecer “de cara lavada”. À semelhança do iOS, nota-se a facilidade de navegação entre as aplicações, bem como um ambiente light e dark.

Destaca-se ainda o facto de o Safari ter sido alvo de uma completa renovação, quer em termos visuais, quer em termos de privacidade. Além da maior rapidez a carregar as páginas (em cerca de 50%), este navegador poderá ainda passar a emitir um relatório de privacidade com todos movimentos que foram feitos. Os developers contam ainda com novas ferramentas que lhes permitirão criar novas extensões para os users.

#5: Novas políticas de privacidade

Os users irão passar a ter um maior controlo sobre o que desejam partilhar, bem como no que as empresas podem aceder. A Apple irá passar a mostrar a informação sobre que mecanismos do aparelho poderão vir a comprometer questões de privacidade.

Além disso a partir de agora poderá saber quando uma certa aplicação está a utilizar a sua câmara ou microfone do seu iPhone ou iPad. Irá passar a ver um ícone laranja no topo do ecrã para saber se as funcionalidades estão ou não ligadas.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.