Blog

iot

A IoT (Internet of Things), ou em português “Internet das coisas”, é um conceito tecnológico que tem estado em alta nos últimos anos. A IoT consiste na interconexão de qualquer dispositivo eletrónico com a Internet, como por exemplo, veículos particulares, transportes públicos, eletrodomésticos, câmaras de vigilância, televisões, sensores de presença, lâmpadas, dispositivos médicos, relógios e outros equipamentos.       

Atualmente, já é possível encontrar dispositivos IoT sendo utilizados tanto em situações comuns da vida diária como no âmbito profissional.

A IoT liga máquinas e dispositivos à internet, transformando-os em ativos inteligentes que comunicam com o mundo ao seu redor. São equipados com tecnologia que os faz capturar, trocar e enviar informação para uma única plataforma. Nesta plataforma os dados são analisados e traduzidos em informações significativas para a análise do negócio.

Como funciona?

A IoT usa sensores inteligentes, como Bluetooth e GPS, e softwares para recolher e transmitir dados para a rede. Em outras palavras, é como uma extensão da internet que conecta objetos que fazem parte do dia a dia.

De forma ainda mais resumida, a IoT significa poder controlar certos aparelhos e realizar ações a partir do seu próprio smartphone ou tablet. De forma ainda mais resumida, a IoT significa poder controlar certos aparelhos e realizar ações a partir do seu próprio smartphone ou tablet.

5g na IoT

5G, é a quinta geração de rede móvel, que promete maior velocidade de download e upload, além de possibilitar conexões mais estáveis e seguras.

A evolução mais notável em comparação com as atuais redes é que, além do aumento da velocidade dos dados, os novos casos de uso da IoT e da comunicação vão exigir melhores tipos de desempenho, como a “baixa latência”, que fornece uma interação em tempo real para os serviços que usam a nuvem, o que é essencial, por exemplo, para carros conectados, inteligentes e carro autónomo. Além disso, o baixo consumo de energia permitirá que objetos conectados funcionem por meses ou anos sem a necessidade de intervenção humana. Para isso, basta estar conectado a uma rede Wi-Fi ou 3G/4G.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.